Buscar

Artista de Porto União, Raquel Storck inaugurou hoje mostra na principal galeria da Alesc


A artista plástica porto-unionense Raquel Berenice Storck inaugurou hoje (23) mostra individual na Galeria de Arte Ernesto Meyer Filho, espaço de exposições da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, em Florianópolis. Sob título “Rendeiras”, a mostra permanece até 17 de junho numa proposta da artista selecionada pelo edital de 2020 da referida Galeria de Arte. Trata-se de um olhar contemporâneo para o artesanato centenário das rendeiras catarinenses. A mostra assinada por Raquel, que é presidente da Associação Arte do Porto, é composta por quadros com tecidos e linhas de várias gramaturas e cores. Os elementos, colocados de forma intuitiva, fazem com que alguns traçados lembrem as linhas arquitetônicas da Ponte Hercílio Luz.


Selecionada pelo edital de 2020 da Galeria de Arte Ernesto Meyer Filho, a exposição “Rendeiras” também quer chamar a atenção para o risco do esquecimento desta atividade.

“A exposição busca chamar a atenção para o risco do esquecimento da tradição da renda de bilro dada a acelerada mudança nos costumes”, destaca a artista. Por conta da globalização e a acelerada mudança nos costumes, as gerações mais recentes de descendentes de açorianos se sentem cada vez menos conectadas com esta tradição, defende.



Autodidata, Raquel Berenice Storck é artista visual com ênfase na pintura em diferentes técnicas. Possui exposições individuais e coletivas ao longo da sua trajetória e também premiações. É defensora do trabalho artesanal, em especial da técnica de pintura decorativa Bauernmalerei, criada na Alemanha no século XVII.


A Galeria Moderna e bem localizada, no Hall de entrada do Palácio Barriga Verde, a Galeria de Arte Ernesto Meyer Filho é o principal espaço de exposições da Alesc. Por se tratar de um espaço de grande circulação e concorrência, em 2018 foi implantado o Edital para seleção dos novos projetos artísticos como forma de atribuir maior transparência ao processo de seleção, democratização no acesso e fomentar que artistas de diferentes locais do Estado também possam usufruir deste espaço.

Confira a exposição pelo link: RENDEIRAS – Raquel B. Storck


1/7