Buscar

Astros de Hollywood engrossam coro antiguerra e arrecadam milhões para refugiados ucranianos


O ator Arnold Schwarzenegger: discurso ao povo russo contra a guerra na Ucrânia (Foto: Flickr)

Desde que a guerra explodiu na Ucrânia, com a invasão das tropas da Rússia no dia 24 de fevereiro, vários astros de Hollywood se posicionaram contra o conflito. Há desde casos de atores e atrizes que simplesmente manifestaram sua posição nas redes sociais, contestando a violência e pedindo o fim do conflito, até aqueles que lançaram projetos de ajuda financeira aos ucranianos, com dezenas de milhões de dólares arrecadados. As informações são do site independente The Moscow Times.


Nascida na Ucrânia, ainda nos tempos da extinta União Soviética, Kunis lançou uma iniciativa, ao lado do marido Ashton Kutcher, que já arrecadou mais de US$ 35 milhões para ajudar refugiados ucranianos. O casal publicou um vídeo no perfil do ator, que conta com mais de 4,6 milhões de seguidores, convocando os seguidores a ajudarem a campanha de financiamento coletivo. Eles disseram que o dinheiro será destinado às organizações Flexport.org e Airbnb.org.


“Embora isso esteja longe de ser uma solução para o problema, nosso esforço coletivo proporcionará um pouso mais suave para muitas pessoas à medida que avançam em seu futuro de incerteza”, diz o post assinado pelo casal. “Faremos tudo o que pudermos para garantir que a demonstração de amor que veio como parte desta campanha encontre o máximo impacto com os necessitados”.


Outro casal cinematográfico que se propôs a ajudar os refugiados com dinheiro é formado por Blake Lively e Ryan Reynolds. Eles convocaram os fãs a fazerem doações através da ACNUR (Agência da ONU para Refugiados) e disseram que fariam uma doação do mesmo valor do total arrecadado, no limite de US$ 1 milhão.


O ator fez o anúncio em seu Twitter, que tem 19,1 milhões de seguidores, no dia 26 de fevereiro, dois dias depois da invasão russa. “Em 48 horas, inúmeros ucranianos foram forçados a fugir de suas casas para países vizinhos. Eles precisam de proteção. Quando você doar, nós igualaremos até $ 1.000.000, criando o dobro do apoio”


A estrela do seriado Game of Thrones deixou clara sua posição pró-Ucrânia em um post no Instagram, no qual ela e o cachorrinho Ted vestem camisetas com as cores da bandeira ucraniana, produzidas a fim de levantar fundos para a causa dos refugiados. “Meu coração está partido junto com tantos outros pelo contínuo sofrimento, dor e desgosto que milhões estão vivendo na Ucrânia”, disse ela.


No post, Clarke também instou seus seguidores a ajudar financeiramente. “Se você quiser se juntar a nós e doar os fundos necessários, doe para @disastersemergencycommittee. Ao fazer isso, você ajudará a fornecer comida, água, abrigo e assistência médica a refugiados e famílias deslocadas”.


O ator britânico, astro da Marvel e intérprete de Sherlock Holmes em uma série de TV, disse que participaria da campanha do governo do Reino Unido Homes for Ukraine (Casas para a Ucrânia, em tradução literal), que permite que os cidadãos britânicos ofereçam acomodações para refugiados ucranianos.


“Precisamos ver o que podemos fazer como cidadãos do mundo, cidadãos da Europa e pessoas que querem um lugar melhor e um resultado melhor para este momento horrível, por essas pessoas com crianças, com famílias que lutam para sobreviver à chuva de foguetes sobre suas cidades”, disse Cumberbatch à emissora Sky News.

1/7