Buscar

BETY FERRAZ Coluna 25/03/2022

Não existe uma forma mágica para combater o estresse

O estresse é uma resposta fisiológica e comportamental normal a algo que aconteceu ou está para acontecer que nos faz sentir ameaçados. Ele pode causar danos generalizados, por isso, é importante conhecermos as suas diferentes fases e o nosso próprio limite. Algumas pessoas são capazes de desmoronar perante um obstáculo ou frustração, enquanto outras parecem prosperar sobre a emoção e o desafio de um estilo de vida de alto stress.


É importante aprender a reconhecer quando o nível de estresse está fora do seu controle e é entendido por si como ultrapassando os seus recursos disponíveis, físicos e psicológicos, levando a exaustão.

Quando falamos de estresse emocional, podemos destacar os seguintes sintomas:

Cansaço mental;

Perda de memória;

Falta de concentração;

Apatia e desânimo (pensamentos negativos);

Ansiedade;

Preocupação excessiva;

Alterações no humor (mau humor constante, ou mais frequente);

Irritabilidade excessiva (a pessoa sente-se frequentemente irritada);

Agitação psicomotora, incapacidade de relaxar;

Sentimentos de estar sobrecarregada ou sobrecarregado;

Sentimento de solidão e isolamento (isolar-se dos outros);

Depressão ou tristeza;

Negligenciar responsabilidades, evitar situações;

O uso de café, álcool, tabaco ou drogas para tentar relaxar.

Não existe uma forma mágica para combater o estresse, pois cada indivíduo tem mecanismos próprios para lidar com ele. Portanto, inclua em sua rotina momentos de qualidade de vida, descanso, passeios e exercícios físicos. Assim estará diminuindo os níveis de cortisol e melhorando o humor e equilíbrio emocional.

1/7