Buscar

Caminhada abordou importância do Combate à Violência contra a Pessoa Idosa



Foi realizada na tarde desta quarta-feira, 15, a caminhada alusiva ao Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, que é lembrada nesta data. Organizada em parceria com as Assistências Sociais de União da Vitória e Porto União, a caminhada reuniu centenas de pessoas que lembraram a importância da data.


Integrantes da Terceira Idade de União da Vitória, dos Conselhos Municipais da Pessoa Idosa, equipe dos CRAS, CREAS e alunos da Rede Municipal de Ensino de União da Vitória, levaram cartazes e distribuíram panfletos falando sobre os tipos de violência que as pessoas idosas sofrem diariamente.


A concentração aconteceu na Praça Coronel Amazonas e a caminhada percorreu as principais ruas da cidade, sendo finalizada na Praça Hercílio Luz, em Porto União.

“Hoje é uma data importante que precisa ser divulgada e destacada, pois a violência contra a pessoa idosa está presente na nossa sociedade e muitas vezes a pessoa não consegue identificar que está sendo vítima de abuso e violência”, afirmou a secretária de Assistência Social de União da Vitória, Cleonice Martinazzo Moller, que representou o prefeito Bachir Abbas durante o evento. Cleonice salientou que as violências mais comuns contra a pessoa idosa são a física, psicológica, financeira, a negligência e o abandono, sendo que a negligência é a que a mais ocorre.



É obrigação de todos os cidadãos, que suspeitem de qualquer tipo de violência contra a pessoa idosa fazer a denúncia, que pode ser feita pelo Disque 100, diretamente da Polícia Militar pelo 190.

1/7