Buscar

Bebê “Calmonense” nasce dentro de viatura, na avenida Santa Rosa, em Porto União


A chamada telefônica feita por meio de um celular feita às 00h15min desta segunda-feira (7) é encaminhada pela operadora. Toca na sala do Cobom do Corpo de Bombeiros Militar de União da Vitória (PR). Era um pedido de urgência feito por meio de um aparelho registrado em Calmon (SC), a 60 km de distância.

Protocolar e imediatamente, a solicitação é repassada pelos bombeiros paranaenses para os catarinenses, haja vista que entre Porto União e União da Vitória a distância é mínima.

E para prestar apoio à vida, inexiste. Ah, a vida!


A guarnição ASU- 479 desloca em direção à SC- 135 para atendimento de apoio à Secretaria de Saúde daquele município que informou já estar conduzir uma gestante em possível trabalho de parto. Imaginavam que seria um trajeto mais longo. Mas ela estava mais perto, felizmente.


No deslocamento, os bombeiros porto-unionenses CB Eckl- BC Paulo e BC Jonas encontraram o veículo da município circunvizinho já na Rua Expedicionário Edmundo Arrabar, nas proximidades do Bairro Santa Rosa, em Porto União.


Após avaliação pelos atendentes, os bombeiros decidiram acompanhar a paciente direto ao hospital evitando a remoção para a ambulância militar, mas sim o acompanhamento do mesmo pela guarnição devido parto iminente. No entanto, passados aproximadamente 2km do deslocamento, a paciente entrou em trabalho de parto no próprio veículo da saúde.

O bombeiros auxiliaram e seguiram com os procedimentos de clampear o cordão umbilical, fazer a higienização do recém-nascido, manutenção das vias aéreas e manutenção da temperatura corporal junto a mãe.

Realizado os procedimentos, foi encaminhado recém-nascida juntamente com sua mãe ao hospital São Camilo de Porto União para a sequência do atendimento em trabalho médico. A menina chegou ao mundo com sinais vitais normais. E a pequena chegou a este mundo, convenhamos, cheia de estilo! Bem-vinda!



1/6