Buscar

Ciganos arruaceiros no Parque Ambiental e homem golpeado com facão nos BOs de União da Vitória



Uma denúncia pelo 190 acionou equipe da PMPR para atender uma ocorrência de perturbação ontem (20) por volta das 22h30. Segundo a denúncia, havia uma mulher pedindo por socorro no parque ambiental Ari Queiroz. No local os policiais constaram que se tratava de ciganos acampados os quais se encontravam com visíveis sintomas de embriaguez. Eles foram abordados e foi solicitado que deixassem o local, o que foi acatado.


A PM também atendeu situações de ameaça e agressão no domingo. Pela manhã, às 9h, solicitante relatou que contratou um pedreiro para fazer uma obra e que, por falta de dinheiro, não o pagou. Diante da dívida, a esposa do pedreiro foi até sua casa e lhe ameaçou dizendo que iria derrubar o serviço já concluído.


Antes disso, às 7h30, no Jardim Roseira, a PM encontrou vítima com várias lesões proveniente de um golpe de arma branca. Devido a um corte na cabeça era possível visualizar massa cerebral. Embora bastante lesionado, o homem estava consciente. Relatou que o agressor, que efetuou e efetua furtos, inclusive na sua residência, passou pelo local. Então, a vítima resolveu tirar satisfações. O autor, de posse de um fação, lhe agrediu, fugindo em seguida.

1/4