Buscar

Concurso audiovisual que estimula conscientização sobre drogas abre período de inscrições

Estão abertas até 7 de outubro as inscrições para a 6ª edição do Concurso Estadual de Produção de Material Audiovisual sobre Drogas. O objetivo é trabalhar a conscientização e a prevenção ao uso junto a estudantes do Ensino Médio de instituições públicas e privadas do Paraná. As obras vencedoras de cada categoria serão exibidas nas salas de cinemas do Estado em junho de 2023.


A iniciativa da Secretaria da Segurança Pública (Sesp), por meio do Núcleo Estadual de Política sobre Drogas (NEPSD), tem o intuito de motivar o debate e reforçar o não uso de substâncias ilícitas, por meio de qualquer expressão audiovisual (vídeos, filmagens, animações ou clipes).


Em junho deste ano serão exibidos os conteúdos dos vencedores da edição anterior, dentro da campanha Junho Paraná sem Drogas. A veiculação atende a lei 19.068/17, que obriga a divulgação de informe publicitário para esclarecimentos sobre os malefícios do uso de drogas ilícitas e prejuízos relativos ao abuso de drogas lícitas.

Para o diretor do Núcleo Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas, delegado Renato Figueiroa, a integração do poder público com a sociedade para fomentar as discussões sobre drogas é fundamental. “O objetivo do concurso é promover o debate sobre a problemática das drogas com a supervisão de um professor. Desta forma, o tema é abordado com os adolescentes, uma maneira de garantir que adquiram informações adequadas. Consequentemente, dúvidas são esclarecidas e o assunto também é levado para dentro das casas dos alunos”, destaca.


Uma das novidades neste ano é a inscrição e o encaminhamento dos materiais audiovisuais de forma online, que objetiva facilitar o processo e ampliar o número de inscritos. Nessa modalidade, os alunos precisam preencher formulário de inscrição no site do Núcleo Estadual de Política Sobre Drogas (AQUI) e enviar o arquivo da obra, que não pode passar de 10 GB.

Os interessados também podem se inscrever presencialmente na Rua Solimões, nº 1.640, no bairro Mercês, em Curitiba (CEP. 80.810-070), ou enviar a inscrição e o material pelos Correios para esse mesmo endereço. Em ambas as opções o envelope deve conter ficha de inscrição, CD/DVD ou pen drive com a obra; título do material e o nome da instituição de ensino, além de demais documentos solicitados, conforme Edital.

O horário de funcionamento para o recebimento é das 9h às 12h e das 13h30 às 18h, de segunda a sexta-feira. Quem enviar via Correios deve ficar atento ao prazo de entrega, não podendo passar da data limite, 7 de outubro.

Serão automaticamente desclassificados do processo de triagem os formulários de inscrição que não apresentarem todos os itens solicitados ou com dados incorretos, incompletos, ilegíveis ou inverídicos. O mesmo vale para obras cujo arquivo esteja corrompido ou não possa ser aberto. Nos dois casos, os participantes devem estar atentos à documentação exigida no Edital.


Os critérios de avaliação são criatividade, originalidade, relevância da mensagem, coerência e adequação com proposta do concurso, qualidade técnica sonora e visual, qualidade informativa e o grau de assimilação da mensagem.

Após o envio das inscrições, a avaliação preliminar será em 25 de outubro. Depois, ocorrerá a avaliação final, junto com o anúncio dos vencedores, em 8 de novembro. Os primeiros colocados de cada categoria terão que enviar a documentação com firma reconhecida até 25 de novembro.


O Junho Paraná sem Drogas foi instituído pela Lei Estadual 19.121/2017, em substituição à Semana Estadual de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas no Paraná, que era realizada anualmente na última semana de junho. A proposta é promover durante todo o mês ações para esclarecer a população sobre os riscos do uso e abuso de álcool e outras drogas, além de incentivar a busca de orientação, esclarecimento e tratamento, disponível na rede pública de saúde.


1/4