Buscar

Coreia do Norte dispara projéteis de artilharia em 'alerta grave' para Seul



A Coreia do Norte disparou nesta quarta-feira (19) centenas de projéteis de artilharia em suas costas leste e oeste, enquanto a Coreia do Sul realizava exercícios de defesa anuais com o objetivo de aumentar sua capacidade de responder às ameaças nucleares e de mísseis de Pyongyang.


O Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul (JCS) disse que a Coreia do Norte disparou cerca de 250 projéteis de suas costas leste e oeste na terça-feira e lançou mais 100 tiros, começando por volta do meio-dia (hora local).


Os projéteis não pousaram em águas territoriais sul-coreanas, mas caíram dentro de zonas de amortecimento marítimas que as duas Coreias estabeleceram sob um acordo intercoreano de 2018 com o objetivo de reduzir as animosidades da linha de frente.


O incidente marcou a segunda vez que a Coreia do Norte disparou projéteis nas zonas de amortecimento desde sexta-feira passada, quando disparou centenas de projéteis em sua violação direta mais significativa do acordo de 2018.


“Pedimos fortemente que a Coreia do Norte interrompa imediatamente suas ações”, disse o JCS em comunicado.

“As provocações contínuas da Coreia do Norte são ações que minam a paz e a estabilidade da Península Coreana e da comunidade internacional”, acrescentou.

1/7