top of page
Buscar

Corpo de Bombeiros Militar resgata 10 pessoas de uma cachoeira em Santo Amaro da Imperatriz



A equipe do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Florianópolis, resgatou no último domingo, 15, um grupo de 10 pessoas ilhadas em uma cachoeira de Santo Amaro da Imperatriz. O local da ocorrência é conhecido como Cachoeira do Salto do Rio Vermelho, na comunidade da Vargem do Braço.


Os bombeiros militares foram acionados por volta das 20 horas. Os 10 turistas, incluindo crianças, ficaram ilhados após o fenômeno conhecido como cabeça d’água, ou seja, o aumento rápido e repentino do nível de rios e cachoeiras, devido a chuvas nas cabeceiras ou em trechos mais altos do percurso.


A equipe do GBS resgatou inicialmente cinco das vítimas, levando-as para um local seguro. Na sequência os bombeiros realizaram uma trilha por cerca de uma hora até o local em que as outras cinco vítimas estavam.


Por conta da dificuldade do acesso, com três quedas de água no caminho, a localização das vítimas foi alcançada por volta da 0h desta segunda-feira, 16. Elas estavam na outra margem e como era necessário atravessar o rio, com forte correnteza e nível da água com dois metros acima do normal, a equipe de plantão realizou contato verbal com as vítimas e orientou que aguardassem o amanhecer para o resgate. Os bombeiros permaneceram na mata durante toda a madrugada, monitorando as condições de segurança e o estado das vítimas e ao amanhecer fizeram o resgate.


Nesta etapa foram usadas técnicas de salvamento em altura, além de resgate em águas rápidas para a garantia da segurança das vítimas, tendo em vista a complexidade e o alto risco da ação. Todas as vítimas foram resgatadas com vida, sem ferimentos e por volta das 9h desta segunda a ocorrência foi finalizada. A ação também contou com apoio de bombeiros do 10º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em São José.


Alerta do Corpo de Bombeiros Militar em cachoeiras

Antes de realizar trilhas em cachoeiras é necessário verificar a previsão do tempo, justamente por conta do fenômeno conhecido como cabeça d’água ou ainda como tromba d’água.


Caso tenha chovido no dia anterior ou no dia do passeio não o realize, porque a água pode levar um tempo até chegar ao local e as pessoas são surpreendidas, como no caso dos turistas. O fenômeno pode ocorrer mesmo que não esteja chovendo no momento.

Outro cuidado é verificar se há sinal de celular, caso seja necessário socorro e acionamento do CBMSC, pelo telefone 193. O pedido de ajuda deve ser feito o mais cedo possível para melhor visibilidade dos bombeiros e acionamento de mais recursos – como helicóptero, por exemplo.


Confira mais dicas para cuidados em água doce:

  • se possível procure locais com a prevenção de guarda-vidas;

  • por mais que você conheça o local, rios, lagos, cachoeiras estão em constante mudança, então sempre aja como se não conhecesse;

  • cuidado com buracos e fundos de lodo, você pode afundar rapidamente;

  • se o rio tiver correnteza nunca entre com água acima do joelho;

  • nunca mergulhe de cabeça, pois pode causar mortes ou paralisia;

  • cuidado com o limo nas pedras, ele pode fazer você escorregar e cair na água;

  • sempre avise parentes e amigos sobre o local que você está indo e a hora programada para retorno;

  • leve um telefone carregado e verifique se a área possui sinal, para utilização em casos de emergência;

  • utilize colete salva-vidas. As boias causam uma falsa sensação de segurança, podendo estourar ou virar;

  • ao entrar na água a referência que se deve ter é: “água no umbigo é sinal de perigo”, pois esse é o ponto de referência do equilíbrio;

  • se você for entrar na água tenha alguém observando, já que por mais que saiba nadar você pode ser acometido de um mal estar ou mal súbito, podendo tornar-se uma vítima;

  • se você ingeriu bebida alcoólica ou fez uma refeição recentemente, NÃO entre na água;

  • se mesmo com todas as dicas de prevenção você tiver uma ocorrência em rio, tente manter a calma, não lute contra a correnteza, guarde suas forças para flutuar e acene por socorro imediatamente.



1/9
bottom of page