Buscar

Domingo de futebol quase perfeito: só faltou o gol do Iguaçu

Por Marcelo Storck | Jornalista DRT 8108 Fotos: Craque Kiko


Um domingo marcante. Pela primeira vez na gestão José Luís Ruski o Iguaçu estreou no campeonato paranaense diante de sua torcida – ou seja, pela primeira vez desde que retornou aos gramados em 2019.

Estádio Antiocho Pereira como muitos queriam ver: casa cheia para um jogo oficial, válido pela rodada inaugural da 2ª Divisão 2022. Até torcida adversária teve.



Evento irretocável, com excelente organização imposta pela diretoria desde a chegada nas bilheterias, sistemas eletrônicos de aquisição de produtos, camisa listrada nova e até mesmo uma roupa zero quilômetro mais bonita para a mascote, a Pantera. Tudo irretocável. Até a bola rolar.

O jogo Como era de se esperar, o Iguaçu partiu logo para cima dos adversários, a Laranja Mecânica de Arapongas.

Marcando em cima, os 15 minutos iniciais davam a entender que logo o gol sairia. Mesmo com “as laranjas” organizadas como se fosse numa caixa: um bloco defensivo bastante eficaz que tratou de minar as investidas Iguaçuanas com muita eficiência. Eram duas linhas de marcação quase que intransponíveis.

Tanto que os melhores prenúncios de uma finalização contra a meta do goleiro Yuri só saiam de espaços achados por bolas enfiadas pelo meia Vinícius Leite (10).

Logo aos 17min uma baixa no time de Dudu Sales. Jonantan (4) sentiu e precisou ser substituído por Josué (13). Mas a zaga ia bem, a questão era resolver lá na frente, pois numa competição de nove jogos “de ida” vitória em casa é fundamental.

O Iguaçu, no entanto, a partir dos 25min começou a sentir mais os efeitos dessa marcação implacável e até recuou sua primeira linha. Quando tentava marcar a saída de bola, já não fazia mais com a mesma compactação e espaços começaram a surgir, deixando os adversários mais cômodos. A ponto das Laranjas terem obrigado o goleiro João Paulo à importante defesa no lance mais agudo da partida, quando numa saída errada de bola o rápido Tonny (7) interceptou passe, invadiu a área e chutou forte e rasteiro.

O Iguaçu tentou de tudo para furar o bloqueio e invertendo posições de Gean Carlo (7) até rondou a área. Mas não finalizou e o primeiro tempo foi apático, mesmo que em momento algum tenha faltado entrega. Uma dedicação que fez jus ao novo slogan do clube: “Com garra e amor à camisa”.

Segundo tempo As equipes retornaram sem alterações para o segundo tempo. Em termos de escalações. Porque em termos de futebol, as laranjas vieram dispostas de maneira diferente e começaram a se soltar na caixa, enquanto o Iguaçu ainda não havia encontrado uma maneira de ser mais ofensivo.

O excesso de vontade dos jogadores da casa em abrir o marcador parece que foi determinante. Cada vez mais tornava “menos pensado” o futebol coletivo e a ansiedade – às vezes afobação - atrapalhava quando da posse de bola. Nem mesmo quando o Laranja Mecânica teve Victor Hugo (25) expulso aos 38min por impedir um ataque promissor (2º amarelo) o Iguaçu conseguiu tirar proveito e sair do empate. Aliás, até nisso empatou: aos 52min o zagueiro Luan (3) do Iguaçu foi expulso direto por ter chutado adversário, o que só comprova que o fator psicológico atrapalhava qualquer investida que pudesse resultar em perigo de gol.



Gean Carlo e, ao fundo, Luan Resta dizer nesse jogo abaixo da expectativa (de futebol) que a marcação adversária é que foi mais eficiente e o empate em 0 a 0 traduz a realidade mais do que qualquer texto.

Mas é importante frisar a determinação e entrega dos jogadores iguaçuanos que, passada a tensão da estreia, com uma semana para treinar e pôr em ordem o esquema e a cabeça, tem tudo para no próximo jogo resultar num desfecho mais feliz para a torcida que, ainda, aplaudiu os atletas ao final do jogo, levando "alento e amizade".



Em suma: o Iguaçu espremeu, espremeu e espremeu até entender que dificilmente sai suco dessa laranja mecânica. Os demais resultados da rodada foram Andraus 1 x 0 Aruko; Apucarana 0 X Foz do Iguaçu 1; PSTC 0 X Prudentópolis 3; Toledo 2 x Verê 0.


Jogo em casa na Páscoa O próximo compromisso do Iguaçu será em casa também. No domingo (17) recebe o Aruko Sports Brasil. Confira a próxima rodada e classificação:





1/4