Buscar

Duas mulheres agredidas no feriado pedem socorro à polícia militar





O feriado de 12 de outubro terminou de maneiras tensa e preocupante para duas mulheres agredidas em União da Vitória.


Às 21h20min, no Bairro Rocio, uma cidadão acionou a polícia militar depois que uma mulher entrou em sua residência pedindo por ajuda, haja vista que o seu convivente estaria tentando agredi-la.


A mulher tinha um ferimento por arma branca na região da cabeça. Aos policiais, disse que foi chamada pelo seu namorado para conversar, mas por ciúmes o homem passou a ameaça-la de morte e de posse de uma faca tentou lhe agredir. Ela saiu correndo da casa e foi pedir ajuda para vizinhos próximos, quando o autor a cortou e fugiu a pé.


Viaturas realizaram patrulhamento pelo local porém não o encontraram. A vítima foi orientada e atendida pelo corpo de bombeiros e encaminhada ao pronto atendimento para avaliação médica.


Às 22h15 no Bairro Rio D’Areia, um homem arrombou a porta de entrada da casa onde moram a ex-mulher, sua mãe e seus filhos. O invasor em direção de um quarto armou-se de um facão e foi sentido à vítima ameaçando-a.


Ao tentar se defender, a mulher levou um chute no do punho da mão direita. Na chegada da equipe policial, o autor estava próximo ao local, em via pública. Diante da vontade da vítima em representar contra o autor dos fatos, o homem recebeu voz de prisão.


1/7