Buscar

Duas mulheres agredidas por seus maridos chamaram a PM, ontem, em União da Vitória


Num dos casos, mulher que precisou trancar agressor num barração temeu pela vida diante da posse de arma de fogo

O relatório policial da ultimas 24 h em União da Vitória traz dados preocupantes e recorrentes aos finais de semana. Desta vez, duas mulheres solicitaram apoio policial, pois sofriam agressões por parte de seus conviventes.


Às 13h de ontem (27), no bairro São Basílio Magno, a vítima relatou aos policiais que foi agredida por seu marido. Na discussão, ela conseguiu trancar o agressor num barracão existente no local e chamou o 190. Informou que temeu por sua vida, pois o marido estava muito agressivo e possui arma de fogo em casa. Ao perceber que a esposa chamou a polícia, o agressor saiu com uma moto Honda CG vermelha antes da chegada da equipe policial. A mulher foi orientada quanto aos procedimentos cabíveis

Às 19h, no centro, vítima que acionou o 27º BPM de União da Vitória denunciou que seu convivente chegou na residência embriagado e que ocorreu uma discussão. Durante a briga do casal, a mulher foi empurrada escada sofrendo uma queda. Em seguida, o homem, de posse de uma faca, atentou contra sua própria vida. A mulher, que apresentava hematomas nos braços, interveio. Conseguiu retirar a faca das mãos do companheiro e, em seguida, se trancou no banheiro de onde chamou a polícia. Quando a equipe policial o autor não se encontrava no local. Foi realizado patrulhamento, mas o autor não foi localizado.

1/4