Buscar

Em rodada favorável, Iguaçu vence e sobe na classificação do paranaense



Um domingo de futebol realmente feliz para a torcida de União da Vitória que viu o Iguaçu vencer o Prudentópolis em casa por 1 a 0 e subir na classificação do paranaense da segunda divisão 2022. Mais uma vez excelente público no estádio Antiocho Pereira numa tarde em que, se existiram azar ou castigo, desta vez foi para a equipe visitante. O Iguaçu começou muito bem e fez um primeiro tempo melhor. As investidas mais eficientes saiam dos pés do habilidoso Dalloca (8), sem dúvida, o destaque da partida. Se tivesse troféu de melhor em campo, seria dele.


A Pantera do Vale poderia até ter vencido por mais não fosse o gol de Filder, logo aos 10min, anulado pela arbitragem que assinalou toque de mão de Rodrigo Jesus na origem da jogada. O time da casa teve pelo menos outras cinco boas chances de abrir o marcador, mas as finalizações não foram a contento.


Boas jogadas como a triangulação de Dalloca (8), Andrei (10) e Gean Carlo (7) que só parou no corte do cruzamento pela esquerda ou na boa incursão individual de Wisman (23) que driblou meio time e ficou no quase quando foi finalizar. No entanto, o Iguaçu teve dificuldades em alçar bolas na área, por vezes com cruzamentos falhos o que tornou o ataque menos eficiente.

O Prude, repetindo o comportamento de todos os outros visitantes, se fechou, amarrando o jogo sempre que possível em busca do empate ou de abrir em contra-ataques e bolas paradas. A cera era nítida e colaborou para que a arbitragem não fosse digna de elogios. Ocorreram algumas inversões e a não marcação de uma falta claríssima em Romário pela direita. Ao final da etapa inicial, apenas um minuto acrescido. Pouco diante de toda enrolação.

Na segunda etapa o Iguaçu iniciou mais timido, talvez um pouco cansado diante da entrega da etapa inicial e os visitantes até arriscaram mudar o comportamento subindo suas linhas.

O Iguaçu fez duas substituições na segunda etapa que surtiram bons efeitos com Vitinho (17) no lugar de Wisman (23) e Rodrigo (14) no Lugar de Andrei (10) que sentiu as pancadas que levou durante o jogo. Aliás, Andrei cumpriu muito bem a função na meia cancha, onde atuou improvisado.


O castigo – ou azar – do Prudentópolis veio aos 26min quando, numa bola cruzada da esquerda para a área, o zagueiro Bruno (3) tentou cortar mas acabou marcando contra.


Depois disso os visitantes, óbvio, mudaram o comportamento e passaram a correr atrás da bola e do relógio. Fizeram quatro substituições e ficaram mais ofensivos chegando a acertar a trave esquerda de João Paulo num chute forte de fora da área. Aos 42min o Prude teve Kleberson (15) expulso.


E aos 46min, numa reposição de bola do Iguaçu interceptada na meia cancha, quase marcaram o gol de empate, mas para a alegria de todos iguaçuanos a bola saiu pela esquerda da trave. Final Iguaçu 1 a 0 Prudentópolis.

A próxima partida será domingo, fora de casa na distante Apucarana contra o time de mesmo nome. Confira os resultados da rodada e a classificação atual:






1/4