Buscar

Empresários são alertados sobre novo golpe com saque digital



Os golpes virtuais têm evoluído na mesma proporção que a tecnologia e feito diversas vítimas no Brasil. Um golpe para fraudar contas bancárias e fazer saques digitais vem sendo aplicado na região oeste catarinense. A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) alerta sobre o fato e aconselha os empresários e colaboradores para não informar dados pessoais e da empresa por telefone, e-mail, WhatsApp ou assumir responsabilidades sem ter segurança do que esteja acontecendo.


Nesse novo golpe, a empresa recebe uma ligação dizendo que é do banco onde a empresa possui conta e que é necessário fazer uma atualização do sistema. O interlocutor orienta a pessoa a fazer um passo a passo no computador onde está instalado o software financeiro. Após, pede para que a conta não seja acessada por algumas horas para que o processo seja concluído. Então, é feita a transferência do valor para uma conta dos golpistas.


A assessora jurídica da ACIC, Márcia Paula Bonamigo, orienta que antes de qualquer atitude, é fundamental pesquisar sobre os bancos nos quais a empresa possui contas para verificar as maneiras que a instituição utiliza para entrar em contato com as empresas. "As instituições financeiras não têm por prática solicitar senhas ou fazer atualização cadastral através de e-mail ou mensagem. Caso receba algum comunicado solicitando, entre em contato imediatamente com a sua agência", frisa Márcia.


Se a pessoa for vítima de algum golpe, outra orientação é fazer um Boletim de Ocorrência (BO) junto à Polícia Civil. Dependendo do caso, a consulta a um advogado também é primordial para orientação da conduta a ser adotada, além de comunicar a instituição bancária.


A assessoria jurídica dá algumas dicas básicas de prevenção a golpes cada vez mais criativos e em número crescente: desconfie sempre; observe procedimentos anteriores que foram adotados por parceiros de negócios, clientes, bancos e atente a procedimentos que trazem "novidade"; realize conferência das informações antes de procedê-las; eleja um responsável para tratar de dados e atualizações; clique apenas em links com origem e destino confiáveis.

1/6