Buscar

Estacionamento rotativo em Francisco Beltrão migra para formato digital


Aproximadamente 1.700 vagas de estacionamento do anel central de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, foram regulamentadas digitalmente na semana passada. O sistema de estacionamento recebe agora o nome de Faixa Azul Digital e poderá ser utilizado via celular, pelas plataformas de aplicativo Android e iOS. Basta fazer o download do app, cadastrar os dados e usar.


Os agentes de trânsito foram treinados e já estão usando smartphone e impressoras para operacionalizar o sistema. Também, as emissões para a regularização deixaram de ser emitidas de forma manual e passaram a ser impressas. Para que a população se acostume com o novo modelo, o formato híbrido será mantido


“Estamos animados e especialmente contentes quanto à melhoria do atendimento. Será mais moderno, trará agilidade, redução de papel e a compra e o controle de tempo serão feitos pelo usuário”, pontua Marilda Galvan, diretora do Departamento Beltronense de Trânsito (Debetran). Antes deste processo, o método era analógico. “Trata-se de uma tecnologia com um conjunto de funcionalidades que trará mais comodidade e facilidade para os usuários”, complementa Marilda.

A operação do Faixa Azul é assinada pela Cidatec através da Plataforma Estar Digital, empresa que administra o sistema de estacionamento rotativo público em outras cinco cidades no Paraná. “É uma região nova, mas estamos muito motivados para iniciar a operação em mais uma cidade também”, diz o responsável pela empresa, Adriano Krzyuy.

A Cidatec venceu o processo licitatório em Francisco Beltrão, cuja frota é de pouco mais de 68 mil veículos, segundo estimativas da Prefeitura. No Paraná, a empresa administra o estacionamento pago e digital nas cidades de Araucária, Campo Largo, Guarapuava, Ponta Grossa e na capital do estado. A tecnologia aplicada no modelo é referência: em uma edição recente do Pitch Celepar, conquistou a maior nota dada pela banca de avaliadores: 89; além do Conceito A.

1/7