Buscar

Evacuações se intensificam na Ucrânia com ataques russos à infraestrutura de energia


Milhares de moradores foram evacuados de uma área ao redor da cidade de Kherson, enquanto combates intensos e ataques à infraestrutura de energia continuam, disseram autoridades da Ucrânia ontem (26).


O governador de Kherson, Vladimir Saldo, disse que mais de 70.000 moradores da área foram removidos. A Ucrânia avançou com uma ofensiva para recuperar Kherson, que foi capturado pelas forças russas durante os primeiros dias do conflito.


Membros da administração regional foram incluídos na evacuação, disse o vice-governador Kirill Stremousov. Monumentos também foram removidos junto com os restos mortais de Grigory Potemkin, o general russo que fundou Kherson no século 18, que estava guardado na Igreja de Santa Catarina da cidade.


Os combates se intensificaram em Kherson, onde as forças ucranianas estão atacando a base da Rússia no oeste do rio Dnieper, bem como em partes da região leste de Donetsk, enquanto os russos mantinham ataques à infraestrutura de energia antes do inverno.

1/7