Buscar

Homem foi preso no Maracanã durante Fluminense X Fortaleza pela Copa Brasil



Um homem apontado como chefe do tráfico de drogas na comunidade do Castelar, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, foi preso na noite desta quarta-feira (17) enquanto assistia o jogo entre o Fluminense e o Fortaleza no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Militar, havia dois mandados de prisão contra o homem. Ele estava no estádio com a camisa personalizada do Fluminense, com o apelido, Foka, escrito nas costas. Na partida, as duas equipes empataram em 2 a 2 e o Fluminense conquistou uma vaga na semifinal da Copa do Brasil.


A ação no Maracanã envolveu policiais do 39º Batalhão da Polícia Militar, de Belford Roxo, e do Bepe (Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios).

Além de tráfico de drogas, ele é suspeito de participação em homicídios na Baixada Fluminense.


Também na quinta, a Polícia Civil do Rio prendeu em Belford Roxo dois homens suspeitos de fazerem parte de um grupo paramilitar que atua na região. A dupla, segundo a polícia, fazia rondas armadas, extorsões e atividades típicas da milícia na região. Os suspeitos foram presos em flagrante por porte ilegal de arma, receptação e formação de milícia privada.

1/7