Buscar

Iguaçu conquista mais um ponto importante diante do empate com Andraus fora de casa

Atualizado: 4 de mai.


Uniformes com mesmas cores fez Iguaçu jogar com camisas brancas, emprestadas

Por Marcelo Storck - Jornalista DRT 8108


Uma tarde diferente. No jogo que iniciou atrasado em 10 minutos devido à ausência do policiamento, o Iguaçu jogou de camisas brancas emprestadas porque as cores dos dois times são as mesmas: azul e amarelo.

Com força de sua torcida presente em grande número no estádio Atilio Gionedis, em Campo Largo, o Iguaçu começou em cima até como se estivesse em casa. A Pantera do Vale apresentou cartão de visitas: uma meia cancha imponente e eficiente com Val, Dall´oca, Vivicius e Lika. Pressionou com uma marcação alta e aos poucos acuou os donos da casa.

Tanto que a primeira oportunidade veio aos 6min de bola parada. Lika cobrou a falta, mas a bola subiu demais. Azar? Nada. Era um prenúncio. O Iguaçu manteve a pressão até que numa bela jogada pela direita do Dall´oca (8) enfiou excelente passe para Lika (22) que acertou um foguete no ângulo do goleiro Igor. 1 a 0 aos 13min.

O time da casa respondeu ao golpe com nervosismo nervoso. Wesley (8) do Andraus amarelo aos 22min. Não demorou muito, e mais um jogador da casa abriu a caixa de ferramentas: Buda (5) recebeu amarelo aos 24min. Essa fúria quem sentiu “na pele” foi o lateral Romário, que levou forte entrada aos 28min.

Por outro lado – do outro lado – a defesa do Iguaçu mantinha sua regularidade.

Foi apenas aos 34min que o time de Campo Largo surgiu com mais presença. Após bela jogada pela direita, escanteio e a zaga afastou. Aos 44min quase o empate do time da casa em jogada muito veloz pela extrema direita, bola cruzou toda área sem arremate.


Segundo tempo

O Andraus assumiu que precisava ser diferente e na escalação mudou três peças: dois meias e um atacante. Deu certo. Tal qual ocorreu em Toledo, o Iguaçu permitiu empate no início da etapa complementar.


Aos 5min uma grande jogada e o Andraus quase marcou. O Iguaçu de novo teve dificuldade em administrar a pressão: depois de entrada forte no adversário, Filder (9) do Iguaçu recebeu amarelo.


Alterações

Aos 12min, Anderson (19) que entrou na segunda etapa recebeu de Luan (15), cortou, passou pelo goleiro João Paulo e fuzilou. 1 a 1. Na sequência, o Iguaçu promoveu alterações: saiu Vinicius (10) para entrada de Isidoro (15) e saiu Andrei (11) Vitinho com a (17)

Aos 19min, Foca (21) do Andraus chutou forte por cima do travessão. E o Iguaçu mexeu mais uma vez: Wisman (23) para saída de Filder (9).


Quase

Iguaçu subiu, aos 23min falta frontal cobrada por Dall´oca e a bola caprichosamente toca o travessão. Aos 30min, momento em que o jogo parou porque Ronnie do Andraus recebeu amarelo, Everton (3) Zagueiro do Iguaçu avisou que sentiu e foi substituído por Jô (13).


Depois disso o nervosismo entrou em campo para os dois lados. Wismann recebeu cartão amarelo por falta aos 37min. Falta cobrada, a zaga afastou e Isidoro perdeu grande oportunidade da marca da cal. Bola boa Isidoro não conseguiu finalizar. Na sequência ele mesmo fez bela jogada, driblou três do Andraus, serviu Vitinho que não conseguiu a finalização.

Jogo ficou muito eletrizante nos minutos finais, inclusive nos 5 acrescidos por Maicon Britto de Freitas. A ponto de Lika ter recebido amarelo e no último giro do ponteiro um vermelho para cada lado: Jô do Iguaçu e Daniel do Andraus. Mas ficou nisso: mais um empate entre Iguaçu e Andraus, que não é de todo mal.


Agora a Pantera do Vale recebe em casa para duas partidas consecutivas. No domingo (8) enfrenta no estádio Antiocho Pereira o PSTC. Na quarta-feira (11) o Foz.

Dois jogos ainda completam a rodada nesta quarta-feira (4). Toledo X PSTC e Aruko X Verê. No pior cenário o Iguaçu pode ficar em quinto na classificação. A classificação atual é:



1/6