Buscar

Iguaçu conta com o reforço da “Camisa 12” para seu divisor de águas de amanhã na segundona 2022

OPINIÃO

Convém não cutucar Pantera com vara curta: golpeada no meio de semana, a Associação Atlética Iguaçu está remontada e ainda mais brava para o importantíssimo jogo de amanhã


Por Marcelo Storck – Jornalista – DRT 8108

Fotos: Arquivo de Rafael Buchholz (Iguaçu)


Já era de conhecimento público que a segunda divisão 2022 seria desafiadora para a Associação Atlética Iguaçu. Historicamente, sempre foi, pois até dá a sensação ao torcedor - e para jornalistas mais próximos - que algumas coisas parecem só acontecer ao time de União da Vitória.


Que o diga essa semana fatídica e vexaminosa para a arbitragem paranaense em que aquela sensação de prejuízo inesperado se torna inevitável depois do que foi o jogo contra o Toledo e suas "mudanças de vento" aos 45min do segundo tempo.


Ventos que trouxeram desfalques para o elenco comandado por Dudu Sales (no detalhe). Ventos que também trouxeram uma frente fria – aqui falo do clima mesmo. As chuvas de quinta e sexta-feira na região de União da Vitória mudaram até a programação de treinos do Iguaçu. Por falta de um local coberto, na sexta-feira (22) chuvosa o time realizou apenas atividades físicas.


Na manhã deste sábado (23) uma trégua dos céus e o time foi a campo para montar o esquema de jogo com vistas à fundamental partida de amanhã, 15h30, no estádio Antiocho Pereira, diante do Prudentópolis.


Estão descartadas as participações dos três jogadores expulsos no jogo do meio de semana: Vinícius, Jô e Lika. Além destes, o lateral Douglas fica de fora da partida decisiva devido a seus cartões amarelos.

Entre as novidades de quem sofreu tantas baixas no decorrer da semana, duas serão estreias caso entrem no decorrer da partida (estão no BID): os atacantes Guilherme e Felipe Novello Evangelista.


Guilherme, atacante, o A2 já havia apresentado esta semana. Felipe “é quase de casa”. Natural da vizinha Pato Branco, aos 21 anos, o jovem extremo direito canhoto veio do Manauara (AM) com passagens anteriores pelo Londrina e Vasco (RJ).


Assim, com essas peças, o provável onze inicial em minha suposição deve ser: João Paulo, Romário, Luan, Heverton, Val, Daloca, Andrei, Wisman, Rodrigo Jesus e Filder.

Força das arquibancadas

Não há dúvida de que o maior reforço para esse momento virá das arquibancadas com “a camisa 12”. Se historicamente algumas coisas parecem só ocorrer com o Iguaçuzão, também é fato que sua torcida é o maior diferencial.


Prova são os 153 torcedores do rico Toledo na quarta-feira contra os mais de 1.300 do Iguaçu no domingo passado. Isso, ventania (ou arbitragem) alguma prejudica.

E a presença do torcedor, como eu disse, será fundamental por alguns fatores adicionais.

Primeiro porque não há outra saída a não ser a vitória e é momento de incentivar a equipe. Três pontos colocam o Iguaçuzão entre os primeiros, novamente.


E três pontos é a arrecadação das quatro equipes ao final das três primeiras rodadas que vêm logo atrás do Iguaçu. Ou seja: a rodada de amanhã é mesmo um divisor de águas.


Segundo porque o Iguaçu, depois, cumpre duas partidas fora de casa: domingo (1º de maio) contra o Apucarana e já na quarta-feira (4) em Campo Largo contra o Andraus, times que estão à sua frente na classificação atual. Note, torcedor, que além disso, viagens seguidas custam ao clube mais que financeiramente, pois além do cansaço físico, os treinos ficam comprometidos entre uma e outra.


Então, é amanhã ou amanhã. Golpeada no meio de semana, a AAI se remontou e está ainda mais brava para o importantíssimo jogo de amanhã no que a torcida, pela grande venda antecipada que já é registrada, deixa seu recado: convém não cutucar Pantera com vara curta.


Ingressos antecipados

Os ingressos antecipados são mais baratos estarão à venda a partir das 14h na sede do Clube, junto ao estádio.

E nestes locais: - Supermercado Bahniuk (Centro)

- Via Brasil Esportes

- RHS Motos

- World Informática

- Banca Stop (Pilão)

- Café Coimbra

- Mercearia e Bar do Ivo

- Bar do Kaschuk

- Bar da Lia


Crianças até 12 anos não pagam. Acima, estudantes pagam meia.


Comando de jogo

O assunto mais debatido em União da Vitória depois da desastrosa condução do jogo diante do Toledo, a arbitragem de amanhã já está definida pela FPF.


O árbitro será Cristian Emanuel Rocha Lima (de Guarapuava) sendo assistentes

Wesley Waldir Marmitt (Curitiba) e Matheus Gurski Szymczak (Guarapuava).


O quarto árbitro será Andrei Da Silva (União da Vitória), analista Sandra Maria Dawies (Curitiba) e delegado Edgar Stelmatchuk (União da Vitória).





1/4