Buscar

Instituto SIM retoma atividades musicais nesta segunda-feira (7)


Ano promete novidades, inclusive aulas de cordas com a primeira classe de violino


O Instituto Sempre Incentivando Música (SIM) retoma nesta segunda-feira (7) a partir das 14h, suas atividades presenciais com foco no ano letivo de 2022.


Oferecendo aulas gratuitas e cedendo por meio de empréstimo instrumentos de percussão (popular e sinfônica e instrumentos de sopro (flauta transversal, clarinete, saxofone, trompa, trompete, trombone, eufônio e tuba), o SIM focará na reformulação de seu quadro discente.

Para participar, basta se inscrever.


Para isso, preencher formulários de compromisso estipulados pela diretoria numa ação coordenada pelo diretor Peterson Jaeger e que será repassado por cada professor ao aluno. São termos de responsabilidade, voluntariado e aptidão a que todos são submetidos.


Como escolher meu instrumento?

Se o participante não se definiu com relação a qual instrumento, o ideal é agendar (Pelo WhatsApp 42 9 88132176) e fazer uma visita no entre as 14h e as 21h de segunda a sexta-feira. Nestas ocasiões, o professor (ou professores) desses horários apresentam os instrumentos e a opção pode ser feita. “Não há problema em se escolher e iniciar num instrumento e, depois, com a experiência, mudar de naipe. Isso é comum e não precisa ser entendido como algo perpétuo”, destaca o fundador, maestro e coordenador geral do SIM, Marcelo Storck.

Preferencialmente, no entanto, orienta-se definir com o professor especialista que vai estudar. “Não obstante, principalmente em caso de iniciação musical, todos os professores de sopro atendem”, explica Storck. Basta, então, observar o quadro de distribuição.

O SIM mantém (até o momento) professores fixos. Percussão Otomar Wagner Jr (sinfônica e popular). Metais: Anderson Fabrício Pereira (especialista em trombones, tubas e eufônios), José Lírio (especialista em trompa e trompete). Madeiras: Marcelo Storck (especialista em flauta, clarinete e saxofone). Mas se não bater horários, todos os três professores fazem a iniciação do sopro. O SIM também está organizando as aulas de cordas com a primeira classe de violino, mas estas começarão um pouco mais tarde, ainda esse ano. “Ainda precisamos de alguns ajustes, inclusive providenciar os instrumentos”, destaca o presidente da entidade, Celso Marczal. Nisso, ele destaca e agradece as importantes parcerias com a prefeitura e câmara de vereadores de União da Vitória, dos projetos de fomento junto à Lei Rouanet (Jeep Auto Premier, Supermercado Macliv, WDD MOtos, São Gabriel Papéis e Dissenha Florestal) e dos patrocinadores: Jeep Auto Premier, Softniels, WDD MOtos, Butiquim Gastrobar e CNN Veículos.


Devido a esses apoio, o SIM pode fazer cultura e ação social e, por isso, não há custo, apenas a necessidade de contrapor com a participação nas atividades do instituto (seja uma rifa, uma promoção, eventos ou os concertos).

Onde fica?

O SIM tem duas sedes. A de Porto União (armazém II) está se uso devido à reforma. As açõers são concentradas na sede de União da Vitória, por meio de uma gentileza da 1ª Igreja Batista. Fica na rua Barão do Cerro Azul, 277.


DISTRIBUIÇÃO DE ATIVIDADES



1/4