Buscar

Jorginho festeja nova fase do Pronampe com R$ 170 mi em apenas um dia para SC



Desde a abertura da nova fase do Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Pronampe), na segunda-feira (25), num dia apenas em Santa Catarina cerca de 1.500 empresas já tiveram acesso a mais de R$ 170 milhões. Junto a isso, mais de 50 mil operações com valores que chegaram acima dos R$ 5,3 bilhões no restante do Brasil. No total serão disponibilizados R$ 50 bilhões para investimentos e capital de giro que poderão ser utilizados pelos empreendedores para aquisição de máquinas e equipamentos.


O senador e autor da linha de crédito Jorginho Mello, não esconde a satisfação com o resultado do programa lançado em 10 de maio de 2020.

"Esses recursos vão continuar ajudando os empreendedores a manter seus negócios, os empregos, e continuar gerando emprego e renda pra nossa gente. É isso que nos motiva a continuar lutando e defendendo quem já sofreu tanto na pandemia e representa 99% das nossas empresas", destacou o senador catarinense e pré-candidato do PL ao governo do Estado.


Os recursos do Pronampe também poderão ser destinados para reformas ou até para despesas operacionais, como pagamento de salários ou contas de luz, água e aluguel. Para Jorginho Mello, a nova versão do Pronampe dará "mais fôlego" às pequenas e microempresas.


"Sempre tive o presidente Bolsonaro como meu principal incentivador, e em todas as oportunidades que teve, reconhece o nosso esforço. Nós emprestamos R$ 62 bilhões no Brasil (no primeiro ano de pandemia), agora estaremos emprestaremos mais R$ 50 bilhões. Ao final totalizaremos R$ 112 bilhões a serem emprestados para salvar as empresas de pequeno e médio porte, e vão melhorar o ambiente de negócio, estruturar mais e evitar demissões", explicou.


O Brasil possui atualmente mais de 9,8 milhões de MEIs e 7,4 milhões de micro e pequenas empresas, e este volume corresponde a 98% das empresas existentes.


1/7