Buscar

Justiça italiana condena Robinho por agressão sexual e pede extradição


De acordo com a imprensa italiana, o pedido de extradição e o mandado de prisão internacional do ex-jogador do Milan Robinho vem quase dez anos depois dos fatos, a partir da noite em que Robson de Souza Santos, este é seu verdadeiro nome, se encontrou em um clube de Milão, o Sio Café, o menina que mais tarde relatou ter sido vítima de estupro pelo jogador e outros cinco homens. Em 19 de janeiro, a Suprema Corte finalizou a sentença de 9 anos por violência sexual em grupo para ele e seu amigo Ricardo Falco, 35.


O pedido de extradição e o mandado de prisão internacional do ex-jogador do Milan Robinho vem quase dez anos depois dos fatos, a partir da noite em que Robson de Souza Santos, este é seu verdadeiro nome, se encontrou em um clube de Milão, o Sio Café, o menina que mais tarde relatou ter sido vítima de estupro pelo jogador e outros cinco homens. Em 19 de janeiro, a Suprema Corte finalizou a sentença de 9 anos por violência sexual em grupo para ele e seu amigo Ricardo Falco, 35.


Robinho, então com 29 anos, estava no Milan há quase três anos, no auge de sua carreira, embora na época passasse mais tempo no banco do que em campo. Naquela noite, 22 de janeiro de 2013, o brasileiro estava no clube com a esposa e um grupo de amigos. A vítima, uma jovem albanesa de 23 anos na época, comemorava seu aniversário, também na companhia de amigos. Os dois já se conheciam. O futebolista acompanhou então a mulher a casa e regressou ao clube. Naquele momento o jovem albanês já estava na companhia do grupo de meninos que gravitavam em torno do brasileiro. Clima descontraído, mas a essa altura os meninos já haviam bebido e feito a vítima beber muito. De acordo com o


Ministério Público, foram os amigos do futebolista que a embriagaram de "formas insidiosas e fraudulentas", a ponto de deixá-la "inconsciente e incapaz de se opor". A menina, levada para um quarto usado como vestiário, havia sido estuprada por sua vez pela matilha.


A sentença final também levou à rescisão do contrato de Robinho por seu novo time brasileiro, o Santos. Agora para ambos, portanto também para Ricardo Falco, o pedido de extradição. É improvável que as autoridades sul-americanas deem seguimento. De fato, a Constituição brasileira não prevê a possibilidade de extradição de seus cidadãos.

1/4