Buscar

MARCELO STORCK COLUNA 02/03/2022


Trilhos A malha ferroviária da região virou alvo de ladrões. Eles estão furtando os trilhos das linhas nos trechos Porto União-Mafra e Porto-União Matos Costa. Recebi informação de que as denúncias já resultaram em visita de técnicos da RUMO que é a empresa detentora de responsabilidade patrimonial do trecho.


Lamentável É de se lamentar ações como essas que colocam em xeque possibilidades turísticas (e quem sabe até comerciais) futuras que ocorrem diante de aspectos nítidos: se há quem furte é porque alguém está comprando. Ou, se quem está furtando faz para utilizar o ferro em ações próprias, como escoramentos, por exemplo, seria algo igualmente identificável.


190 Portanto, 190 neles. Caso você saiba de algo que possa ajudar a coibir estas ações denuncie. Use seu direito ao anonimato e ajude a preservar. Não é porque deixou de estar em uso que daqui a pouco não possa ser aproveitado diante da legalidade.


Etnias Um exemplo é o bom aproveitamento que o projeto Trem das Etnias dará não só à malha ferroviária como ao nosso bem maior que é a Maria Fumaça 310. Ela segue em processo de restauro em nossas cidades. Muito embora não haja ainda uma previsão de entrega, o que é certo é que teremos uma antes e um depois no turismo local tão logo ela volte aos trilhos.


Outro


Outro problema clássico que podemos encontrar nesses locais é a quantidade de lixo e entulho que alguns porcalhões levam até lá. É incrível. A foto que ilustra o que falo é de um dos locais que, inclusive, estão sendo bem visitados por turistas que é a Estação Engenheiro Mello. Lamentável.


Tímido ainda As movimentações políticas andam tímidas nas Gêmeas do Iguaçu. Pouco se fala em 2024 e quando se fala percebe-se um certo excesso de confiança no que não é certo, haja vista muita água por rolar e por termos um pleito estadual antes de tudo.

Relação Não obstante, sabemos que uma eleição municipal em muito passa por o pleito estadual. São separados em tempo, mas totalmente relacionadas em foro. Desse modo, normal que alguns usem de uma eleição para afetar a outra independente de âmbitos distintos.


Nomes No cafezinho, no entanto, sempre surge aquela conversa a respeito de nomes para disputar a prefeitura. Fato que, a bem da verdade, continua sendo um problema em Porto União, haja vista a dificuldade de renovação. Isso se deve à cultura política que sempre vê serem mortos nos ninhos projetos que possam ofuscar a mesmice. Nomes de outrora


Mas se não há (ainda) novos nomes, antigos surgem sempre comprovando o que acabo de escrever sobre uma deficiência no surgimento de novos líderes locais. Nisso, renova-se a especulação sobre a presença de Renato Stasiak no pleito . Outra possibilidade, dizem no cafezinho, é o retorno do ex-prefeito Ari Carneiro Junior ao certame eleitoral de Porto União. Ari (foto), que esteve secretário de saúde de União da Vitória em 2020, foi prefeito entre 1989 e 1992 pelo PP.


Manifestaram

Pré-candidatos à Presidência da República fizeram manifesto pró-Ucrânia. O texto é assinado por Sergio Moro (Podemos), João Doria (PSDB), Simone Tebet (MDB) e Felipe d'Avila (Novo). "Pedimos ao governo brasileiro que se posicione, unindo-se às nações que defendem a soberania da Ucrânia e a solução pacífica do conflito", diz o manifesto em tom de cobrança ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Tiro no pé Bem segue União da Vitória com o excelente trabalho realizado pelo deputado e líder do governo na ALEP, Hussein Bakri. Natural que oposicionistas tentem o desgaste, pois do lado de lá dos trilhos o sistema é o mesmo: uma eleição de âmbito estadual pode influir na local. Porém, é indiscutível, perder toda representatividade de Hussein seria um tiro no pé.

Fertilizantes Segundo o embaixador Sergey Lukashevich, a Rússia foi obrigada a suspender as vendas de fertilizantes para o agronegócio brasileiro, porque o escoamento foi proibido pela Lituânia, que fechou fronteiras em face da invasão da Rússia à Ucrânia. Aliás, uma guerra cujos absurdos não tem precedentes.


Notícia Assim que passado para o papel, trarei aqui no A2 um notícia bacana para o esporte local. A oficialização deve ocorrer entre hoje e sexta-feia. Isso feito, eu te conto! Aguardemos!


A última

Por falar em boa notícia... Jamais eu poderia encerrar esta coluna sem antes agradecer em meu nome e em nome de toda população à deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania – SC) que oficiou o Instituto SIM sábado (26) sobre emendar na ordem de R$ 100 mil. O benefício à comunidade artística local que essa destinação trará será gigantesco, sem precedentes em nossa história musical. Obrigado, deputada!

1/7