Buscar

Militares ucranianos retêm inimigo na fronteira entre Luhansk e Donetsk



As Forças Armadas da Ucrânia estão retendo o inimigo russo na fronteira entre a região de Luhansk e a região de Donetsk e impedindo que invasores russos cortem a rodovia Bakhmut-Lysychansk que passa perto de Bilohorivka.


A declaração relevante foi feita pelo chefe da administração militar regional de Luhansk, Serhii Haidai, no Telegram, relata um correspondente da Ukrinform.


“Estamos segurando o inimigo na fronteira entre a região de Luhansk e a região de Donetsk. Os ocupantes russos estão sofrendo perdas significativas, e eles próprios admitem isso. Ontem, os russos queriam avançar em direção à região de Donetsk, cortando a rodovia Bakhmut-Lysychansk, passando perto de Bilohorivka, mas novamente não têm nada a relatar à sua liderança. Sob a pressão de nossos defensores, o inimigo foi forçado a recuar”, escreveu Haidai.


Em suas palavras, todos os dias os russos recebem uma ordem para avançar, mas nem sempre conseguem cumpri-la devido a perdas significativas em termos de pessoal. Tanto os prisioneiros de guerra quanto aqueles que mantêm contato com civis em Lysychansk e Sievierodonetsk admitem isso. Somente durante o ataque a Lysychansk, milhares de soldados russos foram mortos e feridos. Além disso, os ocupantes russos estão enfrentando problemas com suprimentos de munição, já que os militares ucranianos destruíram vários depósitos de munição nas áreas ocupadas nas últimas semanas.


Haidai expressou confiança de que a vantagem da Rússia em número de pessoal será anulada imediatamente, pois os militares ucranianos recebem mais armas de longo alcance.


Crédito da foto: Estado-Maior Geral das Forças Armadas da Ucrânia

1/7