Buscar

Ofensiva russa é "o mais cruel possível" para gerar uma vitória, afirma Zelensky


A ofensiva russa em grande escala ao leste e sul da Ucrânia é "o mais cruel possível" para que resulte "em qualquer tipo de vitória" para os propagandistas, alertou ontem (4) o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.


O chefe de Estado ucraniano considerou que as batalhas por Mariupol, Kharkiv, Mykolaiv e outras cidades do leste e sul "decidem o destino do povo ucraniano e a sua liberdade".


"A situação no leste e no sul do país continua extremamente cruel. Os ocupantes não deixarão de fora nenhuma tentativa, na sua ofensiva em larga escala, para obter qualquer tipo de vitória que possam alimentar os seus propagandistas", realçou Zelensky na sua habitual mensagem de vídeo divulgada esta quarta-feira à noite.


Zelensky acrescentou que o seu governo está a trabalhar "24 horas por dia, 7 dias por semana" para que os países ocidentais agilizem os envios de armas.


"[Estou] muito feliz em dizer, com otimismo cauteloso, que os nossos parceiros começaram a entender melhor as nossas necessidades", acrescentou.

O Presidente ucraniano concretizou que a ajuda está a chegar agora "não em semanas, nem em um mês, mas rapidamente, num momento em que a Rússia procura concretizar a sua ofensiva".

1/4