Buscar

Pequenos Arteiros emocionam no 1º Concerto de Formação do projeto que agora também é Lei



A noite do sábado, 06, ficará na história de União da Vitória, pois ela marcou com o 1º Concerto de Formação dos alunos do Projeto Pequenos Arteiros, bem como com a assinatura da Lei Municipal nº 5036/2022, que transforma referido projeto em política pública, permanente no Município.


O palco do Cine Teatro Luz recebeu os 60 alunos do projeto, que fizeram uma apresentação especial para o público. Na ocasião, 25 alunos receberam o diploma de formação no módulo básico da primeira turma do Pequenos Arteiros.


Durante a apresentação, também foi assinada a Lei, que tornou o projeto permanente em União da Vitória. “Com a lei, o projeto deve perdurar, independente de qual seja o prefeito que esteja à frente do Município”, afirmou o prefeito, Bachir Abbas.


A lei municipal foi assinada pelo prefeito, pela secretária interina de Cultura, Lindamir Varela, pelo presidente da Câmara de Vereadores, Cordovan de Melo Neto, pelos professores do projeto, Robson Castilho Gregório e Paulo Kcheve e pela aluna Gabriela Binder, que representou todos os alunos do projeto.


Em sua fala, o prefeito destacou que o Pequenos Arteiros foi um projeto sonhado e pensado para oferecer não só aulas de música, mas sim uma nova oportunidade para as crianças da rede municipal de ensino. “O Pequenos Arteiros é mais do que um projeto de musicalização, é a oportunidade de formar os cidadãos do futuro de União da Vitória, pois as crianças aprendem música, disciplina, cultura e história”, disse ele.


Para as famílias, que lotaram o teatro, a noite foi de completa emoção. Fernanda Ruaro tem dois filhos que participam do Pequenos Arteiros e, emocionada, afirmou que a formação no Pequenos Arteiros não tem preço. “Um sonho realizado ver meus filhos tocando. É de uma emoção tão grande que não há palavras. O orgulho é imenso, se concretizando através dos Pequenos Arteiros. Uma imensa gratidão aos professores, gestores e quem idealizou o projeto. Só assim para a população ter acesso à cultura. É uma formação que não tem preço”, agradeceu.


Pequenos Arteiros

O Projeto Pequenos Arteiros iniciou há um ano, em agosto de 2021, e oferece aulas de Flauta doce, Escaleta, Ukulele e Violão para alunos da rede municipal e estadual de ensino de União da Vitória.


O projeto de musicalização infantil, que iniciou com aulas na antiga Biblioteca Cidadã, no distrito de São Cristóvão, atualmente conta com uma nova turma no centro, no Espaço Estação União e uma nova turma, na região sul, deve iniciar nos próximos meses.

1/7