Buscar

PM de Santa Catarina decreta luto pela morte de cabo na SC 108, em Massaranduba



Cabo deixa esposa e dois filhos | Foto: PMSC


A Polícia Militar de Santa Catarina decretou luto após a morte do cabo Alexandre Maciel, de 40 anos, atropelado quando estava de serviço na noite de ontem (24) na rodovia SC 108, em Massaranduba. O policial militar rodoviário foi atingido por um Ford Fiesta, conduzido por um foragido em fuga, no km 50 da estrada.


No momento do atropelamento o policial estava realizando atendimento a um acidente de trânsito. Ao tentar realizar abordagem de outro veículo que estava em fuga de outras guarnições da região, acabou sendo atingido. O condutor, de 26 anos, foragido do presídio de Blumenau, com passagens por tráfico de drogas e extorsão, não acatou a ordem de parada e jogou o veículo em cima do militar”, informou a PMSC em nota oficial.


Após cometer o crime, o homem abandonou o veículo e fugiu para uma área de mata. O condutor estava acompanhado de uma mulher que ficou trancada no interior do veículo. Ela foi conduzida para a Delegacia da Polícia Civil.


O policial militar rodoviário chegou a ser atendido pelos bombeiros voluntários e foi levado à Unidade de Pronto-Atendimento de Massaranduba. Apesar dos esforços das equipes, ele acabou não resistindo.


A região foi cercada para tentar localizar o criminoso. Na manhã de hoje, o efetivo da PMSC permanecia na caçada ao foragido. O Batalhão de Aviação da PMSC prestou apoio aéreo nas buscas, além de ser mobilizado o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE).


O cabo Maciel trabalhava no Posto 13 da PMRv havia dez anos. Ele ingressou na corporação em 16 de janeiro de 2006 e deixa esposa e dois filhos. Várias homenagens estão sendo prestadas nos quartéis nesta segunda-feira.


Em solidariedade, a Polícia Civil de Santa Catarina expressou “o profundo sentimento de pesar pela morte do cabo” e manifestou “nossos sentimentos aos familiares, amigos e aos colegas da corporação”.



1/4