Buscar

Rússia afirma que relação com os EUA se aproxima de um ‘perigoso limite’


Biden e Putin em encontro realizado em Genebra, Suiça, dia 16 de junho de 2021 (Foto: Wikimedia Commons) As relações entre Rússia e Estados Unidos se aproximam de um “perigoso limite confrontativo”, afirma o Ministério das Relações Exteriores russo, que promete responder no mesmo tom à eventual hostilidade direcionada ao país por Washington, segundo informações da agência estatal russa Tass.


A Rússia alega que tem sofrido uma pressão “sem precedentes” dos EUA, que inclusive puxam seus aliados para dentro do problema. O comunicado ainda acusa Washington de introduzir “um forte componente ideológico” no impasse, violando “flagrantemente o Direito Internacional”.


Apesar do tom, Moscou deu a entender que uma aproximação entre os dois países é possível e começou a se desenhar no encontro entre os presidentes Vladimir Putin e Joe Biden em Genebra, na Suíça, no dia 16 de junho. “Naturalmente, tal cooperação só poderia ter sucesso sob a condição de adesão aos princípios de respeito mútuo, igualdade e não interferência nos assuntos internos”, diz o Ministério.


1/6