Buscar

Sanepar investe R$ 55 milhões na ampliação de sistemas de União da Vitória e Porto União


A Sanepar investe R$ 55 milhões em ampliação dos sistemas de água e esgoto de União da Vitória. São obras em curso e recém-concluídas que vão melhorar o atendimento da população com água tratada e aumentar o índice de atendimento pelo sistema de esgotamento sanitário.


O investimento foi o assunto da reunião do diretor-presidente da Sanepar, Claudio Stabile, e o prefeito de União da Vitória, Bachir Abbas, na sede da Companhia, em Curitiba. Também participaram da reunião a gerente geral da Sanepar no centro-sul do Paraná, Jeanne Schmidt, e o deputado estadual Hussein Bakri.


Em breve, o sistema integrado de abastecimento de água que atende União da Vitória, no Paraná, e Porto União, em Santa Catarina, receberá a instalação de dois novos reservatórios de água tratada, que beneficiarão as regiões mais altas das duas cidades.


Segundo a gerente da Sanepar, Jeanne Schmidt, as duas unidades serão importantes para suprir a demanda mesmo em situações críticas e picos de consumo, até que as obras de ampliação geral do sistema de abastecimento estejam concluídas. Somente nos últimos dez anos, somadas as duas cidades, houve um acréscimo de mais de 18% em economias de água.


Para acompanhar esse crescimento e atender a demanda da população nos próximos 15 anos, a Sanepar vem realizando obras que aumentam a capacidade de vazão do sistema com uma nova captação no Rio Iguaçu, ampliação da adução, duplicação da estação de tratamento de água e reforço na distribuição, com adutoras de maior porte, novas redes e equipamentos. Essas obras estão em andamento há um ano e devem ser concluídas ainda em 2022. O investimento fica em torno de R$ 18,2 milhões.


No esgotamento sanitário, está sendo concluída a construção de duas novas estações de tratamento, que reestrutura e amplia a capacidade do sistema integrado. Foi iniciada também a implantação de mais 42 quilômetros de novas redes coletoras e 2.263 ligações prediais.


Esses investimentos, em torno de R$ 37 milhões, vão possibilitar a ampliação do índice de atendimento em União da Vitória para 48% até o fim do ano que vem. Estão em elaboração projetos para a coleta de esgoto na região do aeroporto e do bairro São Cristóvão, o que elevará o atendimento a 70% da população de União da Vitória nos próximos anos.

1/4